Como organizar uma igreja pequena para crescer forte

Saber como organizar uma igreja pequena é importante para garantir a sustentação da congregação ao longo do tempo. Quanto mais ela crescer, mais vai alcançar pessoas a evangelizar e mais vai levar os ensinamentos bíblicos.

Por isso, separei algumas dicas especiais de como organizar uma igreja pequena. Elas visam ultrapassar qualquer dificuldade que você possa vir a ter ou estar passando.

Sinalize bem a área da igreja

Uma coisa é certa: quanto mais você fizer a sua igreja aparecer para as pessoas, mais fácil será elas se interessarem. Por isso, saber sinalizar é o primeiro passo de como organizar uma igreja pequena para crescer.

  1. Sinalize a fachada

Antes de tudo, você deve sinalizar a rua ou a fachada da igreja, com placas indicativas da sua presença ali. Algo que faça as pessoas que passarem identificarem que, de fato, ali existe a sua congregação. Até sinais luminosos podem ser uma boa ideia.

  1. Seja preciso nas informações

Informe nas suas sinalizações apenas aquilo que os seus fiéis em potencial verdadeiramente precisam saber. Por exemplo, qual é o seu tipo de igreja, o horário dos cultos, algum evento específico (se houver), etc.

  1. Atualize a sua mensagem

Como dito acima, sinalizar os eventos, por exemplo, é bastante útil e eficaz para fazer crescer. Por isso, ter letreiros que permitam a atualização das mensagens é interessante, a fim de atrair a comunidade e a quem passar pelo local.

Torne a igreja conhecida na internet

Seguindo a mesma lógica, a intenção é deixar a igreja mais conhecida. Afinal, a ideia até aqui é que quanto mais pessoas a conhecerem, mais pessoas podem se interessar por frequentá-la. Sobretudo os membros da comunidade.

Só que, atualmente, um outro passo é fundamental em como organizar uma igreja pequena para que ela cresça. Ele é estar conectado aos meios digitais, que hoje são tão populares.

A maior parte das pessoas está, de alguma forma, conectada à internet. Quase todas, aliás, desde os jovens até os mais velhos. Portanto, fazer parte dessa rede se torna crucial, a fim de manter os outros lembrando da igreja e dos seus valores.

Isso permite alguns benefícios, como:

  • Maior contato com os membros da comunidade
  • Um novo meio para seguir as lições do evangelho
  • Atrair membros de outras comunidades e cultos para participarem do seu também

Para isso, é claro, podemos utilizar diferentes ferramentas. A primeira delas é a construção de um site próprio. Isto pode ser feito até mesmo por um voluntário da comunidade que tenha conhecimento sobre o tema.

Neste site, coloque informações básicas, como o horário dos cultos e os eventos anuais. Preencha com o que as pessoas se interessam em saber. Pode até criar um cadastro com lista de e-mails para manter os frequentadores informados.

Já as redes sociais dão algumas outras vantagens. Elas também permitem publicar essas informações, mas de modo mais informal. Nelas, você pode colocar sermões (por exemplo, introduzindo o do próximo culto), alertar sobre campanhas que a igreja tem feito, etc.

Outra forma correlata é divulgar na imprensa. Não é exatamente como a criação do site e das mídias sociais, mas pode ser feito e costuma ser eficaz na tarefa de como organizar uma igreja para crescer.

Promova eventos no local

As igrejas são muito conhecidas por seus eventos, que podem ser feitos em diferentes momentos. O dia do padroeiro é uma demonstração de um desses dias que pode ser utilizado para promover.

Como organizar uma igreja também está relacionada a estes eventos, como todos sabem. Só que esse planejamento não é tão simples e requer um trabalho árduo, com metas claras sobre o que se deseja.

Os eventos precisam estar, em primeiro lugar, de acordo com os valores e as missões da sua congregação. Em seguida, precisam ser pensados com antecedência, traçando metas de como e onde serão divulgados e quantas pessoas se espera.

Eles têm um caráter distinto ao dos cultos e acabam aproximando ainda mais as pessoas – tanto umas das outras quanto da sua igreja. Eles permitem unir a mensagem de fé à gratidão de fazer parte de uma comunidade.

Lembre-se aqui de incluir todos os setores da equipe paroquial, os quais devem estar envolvidos à sua maneira. Além disso, divulgue nas suas redes sociais, em seu site e, se achar necessário, até na imprensa, seguindo as dicas anteriores.

Faça da comunidade parte da igreja

É inegável que tornar a comunidade parte da igreja é uma receita de sucesso. Tanto do ponto de vista de como organizar uma igreja pequena e fazê-la crescer, quanto do crescimento espiritual dessa mesma comunidade.

Essa missão pode ser feita de duas maneiras em particular:

  1. Os membros devem atuar na administração

Ninguém pode acumular em si todas as funções, seja em como organizar uma igreja pequena ou grande. Por isso, os membros que participam dos cultos devem ser parte positiva e construtiva da administração paroquial.

A secretaria, a tesouraria e tantos outros papeis que são necessários podem ser cumpridos por eles. Eles se sentem parte, ajudam no crescimento e trazem novo conhecimento sobre a comunidade e sobre a secretaria que estão lidando.

  1. Faça a todos se sentirem bem-vindos

O segundo ponto é fazer todos se sentirem bem-vindos. Um ambiente agradável, que traga a paz aos fiéis e os ensine o evangelho é o ideal para isso. Além dos cultos, podem ser promovidos cursos adicionais, com estas finalidades.

Como resultado, como organizar uma igreja pequena para que ela cresça não é uma tarefa impossível. Exige esforço, mas que vale a pena para espalhar a palavra do Senhor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *