Como administrar uma igreja

A tarefa de como administrar uma igreja é um dom divino e precisa ser feito com cuidado. Para que essa missão seja bem-sucedida, uma série de iniciativas devem ser feitas cautelosamente e com sabedoria.

É importante salientar, também, que nem tudo deve ficar à cargo do pastor. Este deve ser sim o líder de sua pastoral, mas pode (e necessita) ter o auxílio da comunidade em forma de equipe.

Ter planejamentos é primordial

Assim como em qualquer tarefa de nossa vida, como administrar uma igreja requer um planejamento. Resumidamente, é importante que a equipe pastoral saiba para onde está levando a igreja e o que está fazendo com ela.

  • Crie uma visão e missão especiais para a sua igreja. Neles, defina os valores mais importantes a serem seguidos.
  • Faça objetivos de curto, médio e longo prazo.
  • Reveja sempre estes objetivos, se estão sendo cumpridos e da forma planejada.
  • A criação de metas alcançáveis é essencial.
  • Invista na criação de um organograma, que demonstre bem a função de cada um.

São medidas que podem ser um pouco trabalhosas. No entanto, no final você verá que elas vão economizar muito tempo. Mais do que isso, aliás, elas vão permitir que a igreja avance sabendo o caminho que está trilhando e saiba lidar com qualquer adversidade.

Programar-se, por exemplo, com relação aos eventos é uma importante tarefa. À longo prazo, tenha um esboço do que fazer em quais. A médio e curto, já inicie a preparação de fato destes eventos.

Aliás, sobre a agenda anual, é importante salientar o seguinte:

  • Os eventos devem estar de acordo com a visão e com a missão da igreja
  • Qualquer alteração no planejamento tem de ser feito de maneira pensada e organizada
  • Os eventos não podem utilizar mais recursos do que o planejado
  • No calendário anual, faça uma classificação entre os que são indispensáveis e os que são opcionais. No planejamento mensal ou de curto prazo, quando chegar mais perto, decida a viabilidade dos opcionais.

Não se esqueça da contabilidade

Como administrar uma igreja requer também uma boa assessoria de contabilidade. Este contador deve ser organizado e ter conhecimento sobre a legislação específica em que as igrejas se incluem.

Além disso, é claro, é sempre importante que os documentos contábeis estejam atualizados e sejam cumpridos nos prazos estipulados. Alguém da equipe pastoral pode ficar responsável por monitorar este serviço de contabilidade.

Saiba escolher os secretários administrativos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *